9.11.14

Prefeitura do Natal entrega 12 ônibus escolares



Foto: Antonio Felipe

A frota de ônibus escolar da Secretaria Municipal de Educação (SME) foi reforçada com mais 12 veículos. Em cerimônia realizada no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (CEMURE), no dia 29 de outubro, o prefeito Carlos Eduardo fez a entrega simbólica dos automóveis que irão atender aos alunos da rede municipal de ensino, principalmente, aos portadores de necessidades especiais. Os 12 ônibus, no valor total de R$ 1,8 milhão, foram adquiridos com recursos oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e com complemento financeiro da Prefeitura do Natal.

Os ônibus foram fabricados com características específicas para o transporte de estudantes nas zonas urbanas, bem como dotados de plataforma elevatória veicular e equipamentos/mobiliários adaptados. Indicado para o uso em vias pavimentadas, comporta até 21 estudantes sentados, cadeiras de rodas e cão guia.

- Fonte da notícia: Prefeitura do Natal   |   Confira as fotos de João Maria Alves


13.6.14

Ônibus escolar 100% financiado em até 6 anos



Foi publicada a nova Resolução BACEN nº 4.332/2014, a qual autoriza a contratação de novas operações de crédito, até 31 de dezembro de 2014, no valor global de até R$ 900.000.000,00 (novecentos milhões de reais), destinadas à aquisição de veículos específicos para o transporte de alunos da educação básica das escolas públicas dos Estados e Municípios, no âmbito do Programa Caminho da Escola, instituído pelo Poder Executivo Federal, por meio de linha de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Confira:
- Resolução BACEN nº 4.332/2014 [26.5.14]
- Diário Oficial da União [27.5.14]
- Circular BNDES nº 21/2014 [9.6.14]


29.4.14

Novo Registro de Preços do Ônibus Rural Escolar



O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, em atendimento ao Programa Caminho da Escola, com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, realizou Pregão Eletrônico, cujo objeto é o registro de preços de ônibus rurais escolares.

Os produtos registrados atendem a requisitos de sustentabilidade ambiental e outros constantes em normas técnicas, resoluções, regulamentos, portarias, protocolos, decretos e demais dispositivos legais vigentes, previsto no edital que regula a licitação.

Os municípios, estados e Distrito Federal podem adquirir esses veículos, com recursos próprios ou de outras fontes, por meio de utilização da Ata de Registro de Preços do Pregão Eletrônico nº 63/2013.

Para saber como proceder acesse este link.

Fonte e foto: FNDE


3.12.13

Veículos só podem ser usados para transportar estudantes




Ônibus, bicicletas e embarcações do programa Caminho da Escola adquiridos por prefeitos e governadores de todo o país devem ser usados exclusivamente no transporte de estudantes das redes públicas. Resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), publicada em 21/11/13, limita o uso dos veículos à participação de estudantes em atividades educacionais -- ir e voltar da escola e acesso a atividades externas pedagógicas, esportivas, culturais ou de lazer previstas no plano da unidade de ensino.

Além de estabelecer os critérios de uso dos veículos do Caminho da Escola, programa do governo federal, a resolução estabelece que, sem prejuízo ao atendimento dos alunos residentes nas zonas rurais e matriculados em escolas públicas, a prefeitura ou o estado pode usar ônibus, lanchas, barcos ou bicicletas no transporte escolar urbano, desde que seja regulamentado. A Resolução do FNDE nº 45, com os critérios de uso dos veículos do Caminho da Escola, foi publicada no Diário Oficial da União de 21/11/13, seção 1, páginas 11 e 12.

Mais informações sobre esse assunto podem ser obtidas no site do Ministério da Educação



29.9.13

Um filme sobre a vontade de aprender e ir à escola



Meu Nome é Kalam (Mein Kalaam Hoon, Índia, 2010, 90min, direção de Nila Madhab Panda)

Chhotu é um garoto inteligente, que trabalha em uma barraca de comida na estrada em Rajasthan. Em um dia quente abafado, Chhotu encontra outro menino, um príncipe local e imediatamente eles ficam amigos. Mas um príncipe não pode se misturar com plebeus. Este é o começo de uma amizade improvável e instável que resistirá a todas as dificuldades para se manter.

Fonte: Festival Internacional de Cinema Infantil - FICI


30.6.13

Transporte escolar pode ser utilizado por universitários



Conforme disposto no Artigo 5º da Lei nº 12.816/2013, os municípios estão autorizados a utilizar o transporte escolar municipal por estudantes universitários.

Confira o teor:

Art. 5º - A União, por intermédio do Ministério da Educação, apoiará os sistemas públicos de educação básica dos Estados, Distrito Federal e Municípios na aquisição de veículos para transporte de estudantes, na forma do regulamento.

Parágrafo único. Desde que não haja prejuízo às finalidades do apoio concedido pela União, os veículos, além do uso na área rural, poderão ser utilizados para o transporte de estudantes da zona urbana e da educação superior, conforme regulamentação a ser expedida pelos Estados, Distrito Federal e Municípios.

O movimento em defesa do transporte escolar municipal para os universitários originou-se no Estado da Paraíba. Essa flexibilização permite que estudantes de nível superior residentes em pequenos e longínquos municípios também possam utilizar o transporte escolar, em especial, no período noturno, quando os ônibus escolares estão ociosos. Isso diminui as dificuldades de acesso e de conclusão do ensino superior, pois apenas na Paraíba existem mais de 200 municípios que não possuem campus universitário.

Fonte: Diário de Araruna


30.3.13

Programa Caminho da Escola pode ser contratado até o final de 2013



O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu reabrir, até dezembro de 2013, o prazo para a contratação de operações de financiamento no âmbito do Programa Caminho da Escola. A decisão vai permitir que estados e municípios ampliem e renovem a frota para o transporte de alunos das escolas públicas no ensino básico com a aquisição de ônibus e embarcações padronizadas. Veja o documento: Resolução nº 4.203, de 28 de março de 2013.

Conforme a redação vigente, estava autorizada a contratação de novas operações de crédito até 31 de dezembro de 2012 no valor global de até R$ 900 milhões, por meio de linha do BNDES. Para continuar atendendo a demanda de financiamentos, o CMN autorizou a reabertura do prazo até 31 de dezembro deste ano. Além disso, houve adequação dos custos dos financiamentos para o tomador, reduzidos para a TJLP acrescidos de spread bancário, limitado a 2% ao ano.

Fontes: Correio Braziliense - CB | O Estado de S.Paulo


29.3.13

Ano letivo na Paraíba começa com muitas novidades




Alunos têm ônibus escolares, bicicletas, fardamento e material didático.


Para estruturar as escolas, o Governo da Paraíba investiu R$ 226 milhões na aquisição de 200 itens, desde transporte escolar até material didático, além de reforma e ampliação em 300 unidades da rede de ensino.

Foram adquiridos 223 ônibus escolares (vide foto) e 16.945 bicicletas que serão entregues a estudantes da zona rural que residem mais próximos da cidade onde estudam. Equipamentos de segurança (joelheira, capacete e cotoveleira) acompanham as bicicletas.

Leia a matéria completa em Noticias da Paraíba, revista mensal do Governo do Estado da Paraíba - ano 2 - n. 8 - fev 2013 - páginas 18-20.


28.3.13

Pernambuco recebe 50 ônibus do Caminho da Escola



A presidenta da República, Dilma Rousseff, entregou a prefeitos de Pernambuco os primeiros 50 ônibus do Programa Caminho da Escola, durante solenidade em Serra Talhada, no dia 25/03/13. Estas são as primeiras unidades a ficarem prontas, de um total de 913 ônibus comprados em 2012 para Pernambuco, com R$ 173,8 milhões investidos integralmente pela União. O FNDE faz a transferência direta aos municípios.

Os ônibus beneficiarão 29 municípios pernambucanos. De acordo com o Censo Escolar 2011, Pernambuco tem 285.607 alunos residindo em áreas que dependem do transporte escolar oferecido pelo estado e municípios.

Durante a solenidade foram entregues unidades dos veículos dos modelos Ônibus Urbano Escolar Acessível (ONUREA), Ônibus Rural Escolar (ORE 1) e Ônibus Rural Escolar com tração nas quatro rodas (ORE 4X4).

Foto: Assessoria de Comunicação Social do MEC

Leia a notícia na íntegra no Portal FNDE


27.3.13

Audiência pública nº 10/2013 – Ônibus Urbano Escolar Acessível – ONUREA e Ônibus Rural Escolar – ORE



O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, realizará Audiência Pública para esclarecer aos interessados os principais aspectos do processo de aquisição pública e levantar subsídios para definição de especificação técnica para eventual contratação de empresa para fornecimento de Ônibus Urbano Escolar Acessível - ONUREA e Ônibus Rural Escolar – ORE, com vistas a beneficiar alunos da educação básica das instituições de ensino municipal, estadual e do Distrito Federal.

A audiência pública será realizada em 18 de abril de 2013, com inicio às 14h e previsão de término às 18h, no Auditório do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Setor Bancário Sul, Quadra 2, Bloco F, Edifício FNDE, CEP 70070-929 - Brasília, DF, conforme aviso de audiência anexo.

Fonte: Saiba tudo sobre a Audiência no Portal de Compras FNDE


25.3.13

Administradora lança livro sobre transporte escolar




A Administradora Valquíria Melo Souza Correia, Professora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) desenvolveu, em parceria com Marcílio Luís Viana Correia, um livro a respeito do Transporte Escolar Rural.

“O livro é fruto de uma trabalho de dissertação de mestrado”, diz. O trabalho envolveu 1.400 quilômetros durante um ano para desenvolver todo um diagnóstico sobre o segmento. Logística, infraestrutura e gerenciamento são alguns temas discutidos.

Aquisição do livro: valquiria@ufersa.edu.br | 85 9627 2548

Fonte: CRA-CE

18.2.13

Governadora do RN entrega ônibus escolares




A governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini conclui até o final de fevereiro a entrega dos 146 novos ônibus adquiridos pelo Governo do Estado para reforçar a frota do transporte escolar em todo o RN. Na ultima quinta-feira (14/2), foram entregues 53 ônibus para 45 municípios das regiões da Grande Natal, Agreste, Trairi e Mato Grande. Os prefeitos receberam os ônibus na Praça Pedro Velho, também conhecida como Praça Cívica, em Petrópolis, ao lado do Palácio dos Esportes, em Natal.

Na próxima sexta-feira (22), ocorrerão outras três entregas. Em Caicó, a governadora fará a entrega de 23 ônibus, que beneficiarão os estudantes de 21 municípios da região do Seridó. Em Pau dos Ferros, haverá a entrega de 35 ônibus, para 20 municípios do Alto e Médio Oeste. Encerrando a programação, em Mossoró, 25 ônibus serão entregues a 20 municípios da região Oeste e do Vale do Assu.

Além disso, outros 10 ônibus já foram entregues entre o final de 2012 e o início de 2013. Os municípios de Brejinho, Itajá, Jandaíra e Pedro Velho receberam um ônibus cada. Já Viçosa, Jucurutu e Pau dos Ferros receberam dois ônibus cada.

O investimento do Governo na compra dos 146 ônibus foi de R$ 28 milhões, por meio de emenda parlamentar do senador José Agripino. No total, 126 municípios do Estado estão sendo beneficiados nesta segunda entrega. Somando à primeira entrega, em março de 2012, quando outros 120 ônibus foram adquiridos com recursos próprios, o Governo do Estado já distribuiu 266 novos ônibus escolares entre os municípios, em menos de um ano. A cidade de Natal, por exemplo, é autossuficiente no transporte escolar, devido à entrega de 23 ônibus em 2012.

De acordo com o regime de colaboração que permeia o transporte escolar em todos os estados do país, a Secretaria de Estado da Educação celebra convênio com os municípios, cedendo os ônibus e responsabilizando cada prefeito pela gestão do transporte.

Uma exigência do convênio firmado entre Estado e prefeituras é que os ônibus sejam utilizados exclusivamente para o transporte de estudantes da Educação Básica. Compete aos gestores e à sociedade organizada acompanhar a correta utilização e o zelo do transporte escolar. O Ministério da Educação disponibiliza o telefone 0800-616161 para facilitar esse controle social. Exerça-o.

Fonte: Portal da Educação - SEEC RN

Fotos: Demis Roussos


8.12.12

Estados e municípios já podem comprar os novos ônibus do Caminho da Escola



Estados e municípios já podem comprar os novos ônibus do Programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As atas com os preços dos modelos foram publicadas nesta sexta-feira, dia 7, no Diário Oficial da União. Os preços variam entre R$ 139 mil e R$ 250 mil, dependendo do tamanho e das especificações dos veículos.

O ônibus rural escolar pequeno (até 29 estudantes sentados) ficou registrado em R$ 139 mil. Se for equipado com plataforma elevatória, para facilitar o acesso de cadeira de rodas no veículo, o preço vai para R$ 147,4 mil. A empresa IVECO Latin America venceu esses dois itens do pregão eletrônico do FNDE nº 50/2012.

Leia a notícia na íntegra no site do FNDE.

Foto: IVECO


6.10.12

IVECO lança novas versões do CityClass para atender segmentos escolar, fretamento e turismo




Um destaque do novo negócio de Ônibus que a Iveco apresentou na FetransRio 2012 são os novos modelos Iveco CityClass, ônibus de 7 toneladas, reconhecidos como campeões de vendas da empresa no Brasil, com mais de 4.000 unidades entregues ao programa de transporte escolar do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento de Produto da IVECO em Sete Lagoas, MG, em conjunto com a Neobus, e encarroçado na fábrica da empresa parceira em Caxias do Sul, RS, o novo CityClass ganhou design mais moderno, aerodinâmico e elegante.

Saiba mais no release da IVECO.

Notícia relacionada: IVECO completa 7 mil unidades de CityClass para o Caminho da Escola (25.10.12)

Foto: IVECO

22.7.12

Estados e municípios podem comprar com praticidade e segurança no novo Portal de Compras do FNDE





Além de suas atribuições legais, o FNDE absorveu uma série de novas responsabilidades, entre elas, a de executar as grandes compras do MEC e de seus parceiros, subsidiando, assim, o adimplemento de políticas públicas no âmbito da educação.

Com o objetivo de proporcionar maior praticidade e segurança aos estados e municípios nos pedidos de compras governamentais, o FNDE lançou o Portal de Compras.

Com essa nova ferramenta, prefeitos, secretários, gestores educacionais e demais interessados poderão encontrar especificações de produtos, pregões, datas, valor registrado, número de adesões, resultados de compras, entre outras informações, facilitando a consulta e dando maior transparência ao Registro de Preço Nacional (RPN), modelo de compras do FNDE.

Produtos – são produtos escolares específicos e padronizados para atendimento a programas e projetos educacionais, disponibilizadas por atas de registro de preços aos estados e municípios para adesão, onde a compra pode ser feita com recursos do FNDE, próprios ou de outras fontes. Exemplos de produtos:

Ar Condicionado
Bicicleta escolar
Capacetes
Instrumentos musicais e eletrônicos
Laboratório de informática – ProInfo
Laboratório móvel profissionalizante - e-Tec Brasil
Laptops educacionais - Prouca
Medicamentos, equipamentos e produtos médicos e hospitalares
Mobiliário escolar
Notebook
Ônibus escolar rural
Ônibus urbano acessível
Computador Interativo e Lousa Digital (Projetor Proinfo)
Uniformes escolares
Ventiladores
Tablet Educacional


Fonte: FNDE [19.7.12]

18.3.12

Mossoró RN ganha novos ônibus escolares



A governadora do Rio Grande do Norte Rosalba Ciarlini realizou, em 10 de março, a entrega de 5 ônibus escolares à Prefeitura de Mossoró para o transporte de estudantes da rede pública municipal e estadual de ensino.

No ato, a Governadora informou à prefeita Fafá Rosado que mais 5 veículos serão destinados a Mossoró e adiantou que o Governo do Estado pretende adquirir mais 120 ônibus escoalres em 2012. A atual administração estadual entregou 100 ônibus, adquiridos com recursos próprios do Governo do Estado, e 50 veículos liberados pelo Governo Federal. Assim, o Rio Grande do Norte deve fechar 2012 com 270 novos ônibus escolares.

Na solenidade, a Governadora lembrou que Mossoró possui cerca de 130 comunidades rurais e que os ônibus escolares entregues reforçarão o trabalho realizado pela Prefeitura de Mossoró. "Com certeza, prefeita, estes transportes vão contribuir para que o transporte de estudantes seja feito de forma segura. Estamos entregando 5 hoje e mais 5 serão enviados para Mossoró.

Já temos o levantamento e sabemos que o ideal é que Mossoró fique com 15 transportes escolares", comentou Rosalba.

A prefeita Fafá Rosado agradeceu a governadora e disse que os novos veículos somarão à frota adquirida pela Prefeitura Municipal no início do ano. "Adquirimos oito transportes novos no começo do ano e com certeza, governadora, estes ônibus que a senhora entrega a Mossoró reforçarão o transporte dos estudantes", disse. A diretora da 12ª Diretoria Regional de Educação (DIRED), professora Magali Delfino, informou que se reunirá com a gerente executiva municipal da Educação, professora Ieda Chaves, para definir a rota e as comunidades que serão atendidas pelos novos transportes escolares.

Segundo Magali, atualmente o transporte dos estudantes da rede estadual de ensino é feito por ume empresa terceirizada, e disse que a intenção da governadora Rosalba Ciarlini é fazer com que o serviço seja executado por uma frota própria da Secretaria Estadual de Educação. "Aos poucos a Secretaria vai formando a frota e a intenção é que o transporte dos estudantes seja feito por ônibus próprios", disse.


Foto: Divulgação/Governo do RN

Fonte: Governo do RN e Nominuto.com [12.3.12]


16.3.12

Municípios do RN recebem ônibus escolares




Em 8 de março, 65 municípios do RN receberam ônibus escolares que serão usados para atender alunos da rede estadual de ensino. Durante a solenidade realizada no Centro de Convenções de Natal, a governadora Rosalba Ciarlini e o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, entregaram 74 veículos adquiridos com recursos próprios do Governo do Estado, representando um investimento global de R$ 21.458.800,00.


Fotos de @canindesoares. Confira outras neste link.

Fonte: Assecom-RN via Canindesoares.com


14.2.12

Governo da Paraíba entrega ônibus escolares e anuncia mudanças na Educação



Cerca de 130 mil alunos das redes estadual e municipais de 81 municípios serão beneficiados, a partir desta terça-feira (14/02), com mais 81 ônibus escolares que farão o transporte da zona rural para a cidade.

O governador Ricardo Coutinho entregou os veículos aos prefeitos na manhã desta segunda-feira (13/02), em solenidade no Espaço Cultural José Lins do Rego, João Pessoa. A ação faz parte do Programa Paraíba faz Educação, e tem como objetivo contribuir para a redução do transporte inadequado de alunos da zona rural. Além destes, serão distribuídos, posteriormente, mais 19 ônibus entre as 14 Gerências Regionais de Educação (GRE), totalizando 100 veículos.

A aquisição dos ônibus foi feita com recursos da ordem de R$13,2 milhões, do Tesouro do Estado. No ano passado, o Governo do Estado convidou os 223 municípios a firmarem convênios do transporte escolar. Foram investidos R$ 19.130.086,58, sendo R$ 7.558.122,58 do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate), do Governo Federal, e R$ 11.571.964,00 do Tesouro Estadual, atendendo a 56.438 alunos da rede estadual.

Leia a matéria na íntegra, publicada no jornal A UNIÃO em 14fev2012, página 9.

Fonte: A UNIÃO

Foto: Instagram @govparaiba


22.1.12

Ricardo Coutinho anuncia entrega de 100 ônibus escolares



Com recursos próprios, o Governo do Estado adquiriu 100 ônibus escolares para serem entregues ainda neste mês – 81 vão para os municípios e 19 serão destinados às regionais de ensino. O anúncio foi feito pelo governador Ricardo Coutinho, nesta segunda-feira (16), no programa radiofônico semanal "Fala Governador", gerado pela Rádio Tabajara. Os ônibus novos já estão na Paraíba e representam investimento de R$ 13,2 milhões.

De acordo com Ricardo, o Estado tem sido um parceiro importante dos municípios, sem discriminar e sem partidarizar o que é público. "A frota de ônibus garante o transporte seguro e de qualidade aos estudantes. Como governador, estou aqui para ajudar a Paraíba a avançar; mas ela só avança se os municípios avançarem. Essa é a lógica", disse.

Segundo Ricardo, em 2011, o Governo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), transferiu R$ 19.130.086,58 aos municípios, para que fossem adquiridos novos ônibus escolares para os alunos. Cento e oitenta e cinco municípios aderiram ao edital do transporte escolar, lançado em janeiro do ano passado. Hoje, ao todo, 56.438 alunos são transportados nos veículos novos.

"Com essa aquisição, queremos fechar a ferida da discriminação e da perseguição, de dizer que só recebia aquele que fosse aliado, sem se interessar pelo povo, pelo cidadão que estivesse precisando dos serviços", declarou o governador.

As 81 cidades que receberão ônibus do Programa Caminho da Escola podem ser conferidas no site do Governo da Paraíba, fonte desta postagem.


Foto: Vanivaldo Ferreira/Secom-PB


15.1.12

Novo IVECO CityClass Escolar



Maior em todas as dimensões e com moderno design exterior

Com capacidade para 29 passageiros, novo modelo já conquistou licitação para 770 unidades junto ao FNDE

Montado sob o chassi do Iveco Scudato 70C16, traz motor de 155cv, o mais moderno, potente, econômico e silencioso da categoria



A IVECO, em parceria com a Neobus, apresentou na feira Transpúblico – que ocorreu entre 24 e 26 de agosto de 2011 no Rio de Janeiro – a nova geração do IVECO CityClass Escolar. Além do novo design exterior moderno e aerodinâmico, o veículo tem dimensões mais generosas, oferecendo maior espaço interno e maior conforto aos passageiros.

Com capacidade para acomodar 29 pessoas, mais o motorista, o novo IVECO chega ao mercado embalado por uma ordem de 770 unidades para o Programa Caminho da Escola do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), pertencente ao Ministério da Educação, que promove e fomenta o transporte escolar em todo o país.

O projeto privilegia o conforto, a dirigibilidade e a segurança, fatores prioritários em um veículo dedicado ao transporte de passageiros. As poltronas foram alargadas, aumentando o conforto. O bagageiro traseiro possui tampa de acesso com maior abertura que a versão anterior, além de possuir rebaixamento sobre o para-choque, o que facilita o acesso ao pneu estepe e ferramentas, diminuindo o tempo no caso de troca de pneus.

O modelo atende plenamente as normas de acessibilidade e segurança. O vão livre da porta de entrada permite a instalação do elevador para cadeirantes. Os assentos possuem cintos de segurança individuais e de quatro pontos na poltrona de três lugares preferenciais. O modelo possui local apropriado para a acomodação da cadeira de transbordo – item de série – para portadores de necessidades especiais. O piso de alumínio é antiderrapante e de fácil limpeza. Há porta-cadernos atrás das poltronas e o veículo possui lixeira.

O novo design, desenvolvido no Brasil, é moderno e arrojado e preserva as linhas elementares da marca. A frente ganhou formato mais arredondado, com um novo conjunto óptico frontal cujos contornos avançam sobre o paralama (uma tendência bastante atual). Os faróis proporcionam maior luminosidade e são montados em blocos independentes (farol alto, baixo e lanterna), o que diminui os custos no caso de substituição. As novas lanternas traseiras são maiores e seguem o mesmo princípio, agrupadas em um conjunto harmonioso com o design do modelo. O encarroçamento é de responsabilidade exclusiva da empresa Neobus, localizada em Caxias do Sul (RS).

Com esta nova geração, o IVECO CityClass Escolar vai se manter como uma referência nacional em ônibus de até oito toneladas, uma posição alcançada ao longo dos últimos anos e de mais de 2.500 unidades em circulação em praticamente todos os estados do Brasil. O veículo conta com assistência técnica e serviços da rede IVECO, com mais de 90 pontos de atendimento em todo o país.

Fonte: IVECO

19.12.11

Municípios dos Territórios da Cidadania vão receber veículos escolares do governo federal



ASCOM-FNDE (Brasília) – O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) vai beneficiar 548 municípios do Programa Territórios da Cidadania com recursos para a compra de veículos escolares do Programa Caminho da Escola. O objetivo é renovar a frota do transporte escolar nessas localidades, como forma de garantir o acesso e a permanência dos alunos nas escolas da rede pública de educação básica.

Foram selecionados municípios com menos de 50 mil habitantes e que não receberam recursos do programa em anos anteriores. Minas Gerais foi o estado com mais cidades beneficiadas (109), seguido de Rio Grande do Sul (90) e Paraná (48).

Para receberem os recursos, os selecionados precisam validar o termo de compromisso no Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec). "Quanto antes validar o termo de compromisso no sistema, mais cedo o município receberá os recursos para aquisição dos veículos", afirma o coordenador-geral de Apoio à Manutenção Escolar do FNDE, José Maria Rodrigues de Souza.

A lista dos selecionados foi publicada hoje no portal eletrônico do FNDE. Também está disponível um arquivo com instruções para validar o termo de compromisso no Simec.

Fonte: FNDE

15.11.11

R$ 10 milhões do MEC destinados para aquisição de 46 ônibus escolares para 23 cidades da Paraíba



O Senador Vital do Rêgo confirmou a destinação de 46 ônibus escolares que vão beneficiar 23 cidades paraibanas, dentro do Programa Caminho da Escola, totalizando um investimento de R$ 10.140.200,00. A confirmação foi dada durante audiência do Senador com o Ministro da Educação, Fernando Haddad.

Vital pediu a audiência com o Ministro porque a Paraíba havia sido contemplada com os ônibus do programa nos anos de 2009 e 2010. Porém, este ano, o Estado havia ficado de fora da programação do Ministério. "Fomos ao Ministro e aproveitamos a nossa condição de Senador e de presidente da Comissão Mista de Orçamento para reivindicar pela Paraíba e, graças a Deus, conseguimos a confirmação", disse.

Além de confirmar a inclusão da Paraíba no programa, Vital pediu para sair do Ministério já com a definição das cidades contempladas. "Conseguimos confirmar 46 ônibus escolares, que vão beneficiar 23 cidades. É um apoio considerável para os prefeitos, no que diz respeito ao transporte escolar de qualidade, para acabarmos com o transporte via caminhões do tipo pau-de-arara".

O Senador confirmou que serão destinados à Paraíba quatro tipos de Ônibus Rural Escolar (ORE): ORE 1 (pequeno), com capacidade para 23 estudantes sentados, com custo unitário de R$ 132 mil; o ORE 2 (médio), com capacidade para 44 estudantes sentados, no valor unitário de R$ 224.880,00; o ORE 3 (grande), com capacidade para 59 alunos sentados, com valor unitário de R$ 236.840,00; e o ORE 4 – 4X4 (pequeno 4X4), com capacidade para 29 estudantes sentados e valor unitário R$ 186 mil.

A lista dos municípios beneficiados, com os respectivos ônibus, pode ser conferida no site do Senador Vital do Rêgo, fonte desta postagem.


4.9.11

3º Distrito Naval constrói lanchas escolares para região Norte



No cais da Base Naval de Natal (BNN), a fileira de embarcações amarelas e pretas chamam atenção. Ainda mais por não estarem atracadas no mar, mas a espera de embarcar rumo à região Norte do país. São lanchas escolares que serão usadas para o transporte de milhares de alunos da rede pública de ensino da região amazônica.

Com capacidade para 20 pessoas cada uma, as lanchas que fazem às vezes - e lembram - ônibus escolares são feitas em alumínio e recebem no casco preenchimento de garrafas pets, que além de garantir a flutuação, também reflete a preocupação ambiental.

No galpão instalado, em meio às oficinas de manutenção e serviços das grandes embarcações, serão construídas 200 lanchas, das quais 100 já foram enviadas para Manaus. O transporte atenderá as escolas da zona ribeirinha da capital, banhadas pelos rios Negro e Amazonas.

As lanchas estão equipadas com motor de popa ecológico, com motor sobressalente, coletes salva-vidas, boias, extintores e também com seguro. E são doadas por meio do Programa Caminho da Escola, do Ministério da Educação em parceria com a Marinha do Brasil.

O Capitão-de-Mar-e-Guerra Flávio Macedo BRASIL, da Base Naval de Natal, destaca que além da geração de emprego e renda, o programa permitiu a inserção do Rio Grande do Norte na tecnologia de construção naval em alumínio.

"É uma ação pioneira no Estado uma vez que introduz uma tendência na engenharia naval. Emprega mão de obra potiguar, que sai beneficiada num conhecimento que será usado a frente", avalia o Comandante Brasil.

A oficina emprega 100 trabalhadores, entre militares e contratados, como a soldadora Roseane Batista Oliveira, 31 anos. "Fiz o curso no CTGás e há um ano estou trabalhando aqui", disse.

Fonte: Tribuna do Norte - 03set2011


22.4.11

Estados e municípios recebem R$ 68 milhões para educação



O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu R$ 68.719.938,13 para as secretarias estaduais de educação de Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, para a Universidade Estadual de Londrina e diversas prefeituras municipais. Os recursos são provenientes dos programas Caminho da Escola, de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância) e Brasil Profissionalizado, entre outros.

A Secretaria de Educação de Pernambuco foi contemplada com R$ 3.591.803,88 para aquisição de equipamentos para a educação indígena (R$ 953.855,10), fortalecimento da gestão escolar (R$ 1.642.866,86) e compra de mobiliário escolar (R$ 995.081,92).

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul recebeu R$ 2.509.362,72 para reforma de instituições e R$ 5.546.064,94 para ampliação de escolas do programa Brasil Profissionalizado. Já à Secretaria de Educação de Santa Catarina couberam R$ 33.660,00 para aquisição de livros didáticos em braille do ensino fundamental e R$ 9.504,00 para livros em braille do ensino médio.

Para a Universidade Estadual de Londrina (PR) foram enviados R$ 124.148,01 visando a formação de profissionais do programa de ações afirmativas para a população negra nas Instituições Federais e Estaduais de Educação Superior (Uniafro), desenvolvido pelas secretarias de Educação Superior (Sesu) e de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), do MEC. O programa visa contribuir para a superação dos preconceitos e atitudes discriminatórias racistas por meio da aplicação de práticas pedagógicas qualificadas nesses temas nas escolas de educação básica.

Caminho da Escola – Foram contemplados com recursos para aquisição de ônibus escolar, entre outros, os municípios de Rio Largo (AL), Paulo Afonso, Rafael Jambeiro e Wenceslau Guimarães (BA), Beberibe, Capistrano e Várzea Alegre (CE), Paulino Neves e São José de Ribamar (MA), Caraí (MG), Itaíba e Sirinhaem (PE), Ivaiporã (PR) e Jardim do Seridó (RN).

Os municípios de Itanagra (BA), Matões (MA) e Baraúna (PB) receberam recursos do ProInfância.

Para saber o valor do repasse específico de cada município ou unidade da federação, consulte www.fnde.gov.br (Liberação de recursos).

Fonte: FNDE

3.4.11

FNDE realizará pregão eletrônico para compra de transporte escolar



FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO – FNDE informa:

PREGÃO ELETRÔNICO - REGISTRO DE PREÇOS Nº 18/2011
Tipo MENOR PREÇO POR GRUPO


Objeto: FNDE, com sede na cidade de Brasília-DF, inscrito no CNPJ sob o nº 00.378.257/0001-81, torna público que fará realizar licitação, na modalidade de Pregão Eletrônico – Registro de Preços, sob o número 18/2011, do tipo MENOR PREÇO POR GRUPO, constituindo objeto desta licitação o Registro de Preços, consignado em Ata, pelo prazo de 12 (doze) meses, com vistas à eventual aquisição de veículos de transporte escolar diário de alunos da educação básica das redes públicas de ensino nos Estados, Distrito Federal e Municípios, e demais entidades autorizadas a aderir ao programa de acordo com a legislação específica vigente, para atender ao Programa Caminho da Escola do Ministério da Educação, conforme normas estabelecidas pelo FNDE, de acordo com as especificações, quantitativos e condições constantes do Edital e seus Anexos.


Entrega da proposta: a partir de 04/04/2011, às 8 horas, no site ComprasNet

Disponibilização do edital: a partir de 04/04/2011 nos sites ComprasNet, FNDE ou no endereço SBS Quadra 02, Bloco F, Edifício FNDE, sala 05 , 1º Subsolo, Brasília DF, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h30min.

Data/horário: abertura da sessão pública para a formulação dos lances às 9h30min do dia 02/05/2011, no site ComprasNet


- Baixe o Encarte do pregão eletrônico 18/2011


Fonte: FNDE


9.2.11

Governo do RN vai investir R$ 32 milhões no transporte escolar



O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a com as prefeituras, vai investir R$ 32,2 milhões no transporte escolar em 2011 . Os recursos são destinados ao transporte dos alunos da rede estadual de educação da zona rural para as escolas da zona urbana em todas as regiões do estado.

A SEEC está convocando todos os prefeitos do estado para aderirem ao Programa Estadual de Transporte Escolar Rural do RN (PETERN).

Para formalizar os processos, a SEEC está realizando uma ampla mobilização e solicita a presença dos prefeitos municipais, até 11 de fevereiro, para assinar a adesão ao programa. Os prefeitos devem procurar o órgão central da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, bloco I, 1º andar - Setor 2 (SEEC/COEP/TRANSPORTE ESCOLAR).


O objetivo da SEEC é agilizar o processo para que possa cumprir os 200 dias letivos conforme o calendário escolar 2011.

De acordo com Betânia Ramalho, Secretaria de Educação, o programa pretende implantar um regime de colaboração entre as prefeituras e o governo do estado. "A intenção é assegurar o transporte de forma eficiente. Para isso, nós precisamos que os prefeitos, de todos os municípios, compareçam e façam a adesão ao programa". Afirmou.

Os recursos para o investimento são oriundos do governo do estado e do governo federal sem contrapartida financeira das prefeituras. O Estado está investindo R$ 24.799.396,00 milhões constituindo um valor de 2 reais por aluno, recursos provenientes da cota parte do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB). O governo federal está investindo 60 centavos per capita, totalizando R$ 7.463.280,00 milhões, provenientes do Programa Nacional de Transporte Escolar (PNATE) por meio do FNDE.

A participação das prefeituras no programa consiste em administrar e aplicar os recursos, que serão repassados para contas específicas municipais, para utilização em alocação de veículos, manutenção, aquisição de combustível etc. Os recursos provenientes do governo do estado serão repassados em 5 parcelas. Já os do PNATE serão repassados diretamente as prefeituras, mas com expressa autorização do governo do estado.


Fontes:
1. SEEC [08fev11]
2. FEMURN [08fev11]
3. Tribuna do Norte [09fev11]
4. Diário de Natal [09fev11]

7.2.11

Crianças dependem de transporte de barco para estudar no interior do Amazonas



Na imensidão do Rio Amazonas, barcos de transporte sobem e descem a correnteza levando crianças para a escola. Crianças que vivem na outra margem do rio, em frente ao município de Itacoatiara (AM), dependem desse tipo de deslocamento para estudarem.

Em muitas comunidades, são as próprias famílias que levam as crianças para a escola, como a da dona de casa Dona Terli Moraes, em Itacoatiara. Os nove filhos vão de canoa. "São muitas crianças, a canoa vai muito cheia de criança. É perigoso demais. O maior perigo é a corredeira, que é muito forte, além de motor e navios", lembra a dona de casa Terli Moraes.

Do estaleiro da Marinha, em Belém (PA), pode sair a solução para a educação de muitas crianças na Amazônia. É a lancha escolar, projeto dos Ministérios da Educação e da Defesa. "As principais características que observamos é a necessidade de ter um calado reduzido, ser pouco profunda para baixo da água e ser resistente, porque na região existem muitos casos de troncos flutuando e de pedras até mesmo o fundo dos rios", explica o comandante da Base Naval de Val-de-Cães, Capitão-de-Mar-e-Guerra Eduardo Santana.

Fonte: G1 - Do Globo Natureza, com informações do Bom Dia Brasil

Notícia relacionada: Condição precária de transporte oferece perigo em rios da Amazônia


12.1.11

Bicicleta escolar é alternativa para chegar à sala de aula



Chegar à escola ou ao ponto do ônibus escolar é um sacrifício para muitos alunos brasileiros. Boa parte deles precisa acordar ainda de madrugada e percorrer quilômetros a pé, já que muitos caminhos nas áreas rurais e até mesmo urbanas são intransitáveis para veículos automotores. Mas agora, estados, municípios e o Distrito Federal já podem alterar esse quadro e facilitar a vida de seus estudantes. Para isso, basta aderir ao registro de preços promovido pelo FNDE para a compra de bicicletas escolares de aros 20 e 26, por meio do programa Caminho da Escola.

"A bicicleta vai servir para estudantes que moram em localidades onde os veículos rodoviários não chegam, tanto nas áreas rurais quanto nas urbanas", afirma o coordenador geral de transporte escolar do FNDE, José Maria Rodrigues de Souza. "Além disso, tem impacto zero sobre o meio ambiente e ainda vai ajudar os estudantes a terem uma atividade física saudável". Segundo ele, a bicicleta escolar tem especificações que lhe garantem resistência maior que a das bicicletas comuns, como o quadro reforçado.

Protótipos da bicicleta escolar já foram testados nas cinco regiões do país e receberam avaliações altamente positivas por parte dos alunos e de seus pais.

Para participar do programa, o gestor local deve preencher um ofício seguindo o modelo publicado na Resolução nº 40/2010 do FNDE, assina-lo e enviá-lo à autarquia com a quantidade de bicicletas que pretende comprar. O prazo para entrega da mercadoria é de, no máximo, 90 dias a partir da assinatura do contrato.

Os preços das bicicletas variam de acordo com a região do país:

Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima e Rondônia: aro 20 (R$ 256); aro 26 (R$ 257)
Tocantins e Bahia: aro 20 (R$ 258); aro 26 (R$ 259)
Maranhão: aro 20 (R$ 252); aro 26 (R$ 253)
Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte: aro 20 (R$ 254); aro 26 (R$ 255)
Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe: aro 20 (R$ 255); aro 26 (R$ 256)
Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul: aro 20 (R$ 263); aro 26 (R$ 268)
Minas, Espírito Santo, Rio e São Paulo: aro 20 (R$ 240,50); aro 26 (R$ 256,50)

Fonte: FNDE


26.12.10

Governo da Paraíba entrega 50 ônibus IVECO a municípios



Desde 21 de dezembro, 160 municípios paraibanos disponibilizam aos seus estudantes ao menos um ônibus escolar para transportá-los com conforto e segurança. O governador José Maranhão -- acompanhado do secretário de Estado da Educação e Cultura (Francisco de Sales Gaudêncio), do secretário chefe da Casa Civil (Inaldo Leitão) e outros assessores -- entregou mais 50 ônibus escolares.

Os 160 veículos foram adquiridos com recursos do Tesouro do Estado em parceria com o Governo Federal. Os primeiros 110 ônibus foram entregues no mês de maio, sendo um por município.

O governador José Maranhão revelou que existe o programa de transporte escolar do Governo Federal e que os 160 ônibus entregues foram adquiridos com recursos do Tesouro do Estado, em parceria com o Governo Federal e é um programa que deve ter continuidade para atingir os 223 municípios.

Fontes: A União e SEEC PB [21dez2010]
Foto: Evandro Pereira


18.12.10

Governo da Paraíba entrega 50 ônibus escolares IVECO



O Governo da Parabíba realiza nesta segunda-feira (20/12) uma série de eventos na área da Educação.
A programação inicia às 10h com a entrega da reforma da EE Epitácio Pessoa, localizada no bairro de Tambiá, em João Pessoa, através da qual a administração estadual inaugura mais 67 reformas de 59 escolas, cinco quadras/ginásios e a conclusão de três unidades escolares no valor total de R$ 10 milhões 790 mil e 920,00.


Às 11h, o governador José Maranhão, acompanhado do secretário de Estado da Educação e Cultura Francisco de Sales Gaudêncio e demais assessores, entrega mais 50 ônibus escolares, em frente à Secretaria de Segurança e Defesa Social, em Mangabeira, na Capital, somando assim 160 veículos adquiridos com recursos do Tesouro do Estado em parceria com o Governo Federal. Os primeiros 110 ônibus foram entregues no último mês de maio, sendo um por município, com investimento total de R$ 23 milhões e 872 mil.


Saiba mais lendo as matérias de Janildes Andrade no jornal A UNIÃO [17dez2010] e no site do Governo da PB [16dez2010]

Veja mais fotos de Antonio Felipe


22.9.10

Grupo de trabalho vai disciplinar transporte escolar no país




- Definir as especificações necessárias para que um veículo seja considerado apropriado ao transporte escolar.

- Determinar o comportamento e as exigências para a habilitação do motorista desse veículo.

- Estabelecer as normas e os critérios para orientar os estados e municípios a regulamentar o transporte escolar.


Essas são as principais tarefas do grupo de trabalho interministerial formado em 21 de setembro, durante audiência pública no Rio de Janeiro para disciplinar o transporte de estudantes no Brasil.

"O resultado do esforço desse grupo deverá representar um avanço significativo para a melhoria do transporte escolar rural e urbano no país", diz José Carlos Freitas, diretor de Administração e Tecnologia do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Participarão do GT, além do FNDE, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), a Universidade Federal do Tocantins, a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e a Associação Nacional de Fabricantes de Ônibus (Fabus). Em pauta, está a reunião de subsídios para definir um modelo de ônibus escolar urbano.

A audiência serviu ainda para o FNDE apresentar às montadoras, ao setor automotivo e à sociedade civil os parâmetros para a produção de um novo modelo de veículo escolar rural, pelo programa Caminho da Escola. "A ideia é que este novo ônibus pequeno, para até 20 alunos, substitua os veículos 4x4 que são usados hoje para vencer as rotas mais severas no transporte rural", afirma José Maria Rodrigues de Souza, coordenador-geral de Apoio à Manutenção Escolar do FNDE. "Com este novo veículo, o governo federal vai ampliar a diversidade de ônibus do Caminho da Escola para que seja implantado no país um transporte escolar de qualidade cada vez melhor".

Fonte: FNDE

18.9.10

Ônibus escolar urbano é discutido em audiência pública



ASCOM-FNDE (Brasília) - Definir um modelo de ônibus escolar urbano conforme normas de segurança, acessibilidade e conforto é um dos objetivos da audiência pública que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) realizará na próxima terça-feira, 21, no Rio de Janeiro. A ideia é adaptar as especificações dos ônibus do programa Caminho da Escola, feitos para trafegar na zona rural, para rodar nas cidades.

"Vamos discutir aspectos técnicos e legais para propor uma regulamentação do transporte escolar no país", afirma o diretor de administração e tecnologia do FNDE, José Carlos Freitas. Foram convidados para o encontro representantes do Ministério da Educação, Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) e montadoras.

Novidades – Diante da dificuldade de tráfego dos ônibus escolares por certas estradas de terra, o FNDE decidiu lançar um modelo de ônibus menor, a ser fabricado a partir do próximo ano. Com capacidade de 15 a 18 alunos, ele trará inovações que lhe permitirão trafegar em vias mais acidentadas. Também serão debatidas na audiência pública as especificações para os ônibus do Caminho da Escola que serão produzidos em 2011.

Criado em 2007, o Caminho da Escola entregou, até 2009, 5.866 veículos novos a estados e municípios, em um investimento de R$ 925,1 milhões. Para este ano, a estimativa é fechar a compra de 5.100 unidades, no valor aproximado de R$ 950 milhões.

Existem três formas para os estados e municípios adquirirem os veículos: via convênio com o FNDE; com recursos próprios, por meio da adesão ao pregão eletrônico de registro anual de preços aberto pela autarquia; ou por linha de crédito especial do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Serviço:
Audiência pública do programa Caminho da Escola
Dia 21/9/2010, das 9h às 18h
Auditório da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – Av. General Justo 307, 9º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ

Fontes: FNDE | Portal MEC | Brasil.gov.br


10.9.10

Representantes do FNDE visitam Base Naval de Natal




Representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os senhores JOSÉ CARLOS FREITAS (diretor de Administração e Tecnologia) e JOSÉ MARIA RODRIGUES DE SOUZA (coordenador-geral de Apoio à Manutenção Escolar) visitaram a Base Naval de Natal (BNN), em 31 de agosto, com a finalidade de corroborar a construção das lanchas escolares do programa Caminho da Escola.

Na ocasião, o comandante da Base Naval de Natal, o Capitão-de-Mar-e-Guerra JOSÉ AIRTON SOMAVILLA BOMFIM, acompanhado pelos chefes de departamento, fez uma apresentação da Organização Militar (OM) no auditório do prédio do Comando e acompanhou os visitantes ao Museu Naval Ary Parreiras, às duas fábricas das lanchas escolares e ao pátio das lanchas prontas no interior das instalações da BNN; tendo realizado, também, um teste a bordo de uma lancha escolar no rio Potengi, com resultado satisfatório.

Durante a visita, o Sr. JOSÉ CARLOS FREITAS teve a oportunidade de verificar in loco cada fase do processo de construção das lanchas escolares, enaltecendo a qualidade do trabalho desenvolvido pela BNN e externando a sua satisfação com a visita realizada.

Fotos: Com3ºDN

Fonte: Marinha do Brasil

3.9.10

Base Naval de Natal (BNN) prontifica 1º lote de lanchas escolares




Foi realizada, no dia 1º de julho, uma cerimônia alusiva à prontificação do 1º lote de Lanchas Escolares (LE) na Base Naval de Natal (BNN), para o Programa "Caminho da Escola" do Ministério da Educação, coordenado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para atender ao transporte escolar de estudantes de áreas ribeirinhas dos mais diversos rincões do Brasil. Do total de 600 lanchas que a Marinha irá fornecer, 200 unidades estão sendo construídas na Base Naval de Natal.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante da BNN, Capitão-de-Mar-e-Guerra José Airton SOMAVILLA Bomfim e contou com a presença de militares e servidores civis. O evento foi iniciado com o canto do Hino Nacional e, em seguida, foi lida a Ordem do Dia alusiva à data.

As lanchas escolares são fabricadas em alumínio naval, com 7,3m de comprimento, capacidade para 1300kg e são propulsadas por um motor de popa de 90HP. Chegam a atingir a velocidade de 24 nós, carregadas. Incluem itens de segurança como coletes salva-vidas, extintor de incêndio, sirene, luzes de navegação, rádio para comunicações em VHF, duas boias e defensas. Podem transportar até 20 alunos, incluindo um lugar para portador de necessidades especiais.

O domínio da tecnologia de construção naval e reparo em alumínio será essencial para que a Base Naval de Natal amplie sua capacidade de apoio logístico aos Avisos de Patrulha e aos novos Navios Patrulha de 500 toneladas, da classe "Macaé", que já começam a ser incorporados à MB. Além disso, colocará a BNN no seleto grupo de Organizações Militares Prestadoras de Serviços - Industriais (OMPS-I) com capacidade de construir embarcações.

Fonte: Com3ºDN [13 ago 2010]


7.6.10

Escolas públicas do RN vão receber 138 ônibus



O Rio Grande do Norte vai receber mais 138 ônibus escolares, distribuídos em 95 municípios, até o final deste ano. Os veículos serão adquiridos por meio do programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A previsão foi apresentada à deputada Fátima Bezerra (PT), nesta terça-feira, 1º, em Brasília, pelo presidente do FNDE, Daniel Balaban. O investimento previsto é de quase R$ 26 milhões. Os novos ônibus escolares vão beneficiar cerca de 9.300 estudantes da zona rural.

Desde o início deste ano, a deputada Fátima havia reivindicado ao presidente do FNDE mais ônibus escolares para o Estado. Quando adquiridos os novos ônibus, o RN terá sido contemplado com um total de 250 ônibus escolares em três anos de criação do programa Caminho da Escola, beneficiando cerca de 35 mil estudantes da educação básica que moram na zona rural do Estado.

Leia as matérias completas, publicadas no caderno Cidades do Diário de Natal (4.6.10), no portal de notícias Nominuto.com e no site da Deputada


29.5.10

IVECO fornecerá mais 1.000 ônibus escolares no país



A IVECO venceu concorrência para o fornecimento de mais 1.000 ônibus CityClass, versão escolar, para o Programa Caminho da Escola do Governo Federal, que visa a renovar a frota de veículos escolares para melhorar a segurança e qualidade do transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar em zonas rurais. O IVECO CityClass atendeu especificações exclusivas impostas pelo governo federal na categoria ORE 01C, que trata de micro-ônibus para o transporte de estudantes da zona rural brasileira. Este é o segundo contrato vencido pela IVECO dentro do FNDE (Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação).

Em 2009, a empresa vendeu 900 unidades do CityClass. O modelo tem-se mostrado um ônibus versátil para este tipo de utilização. O IVECO CityClass é produzido em Sete Lagoas (MG) e, por conta das exigências desta nova licitação vencida pela empresa, ganhará uma nova versão de 29 lugares.

Leia aqui a matéria completa publicada no caderno Autos e Motores da Tribuna do Norte (28.5.10).

28.4.10

Municípios devem resolver pendências com o FNDE para receber os ônibus escolares



Os municípios contemplados pelo Programa Caminho da Escola em 2010 devem regularizar pendências junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta que 978 municípios selecionados têm de estar em dia com o FNDE para garantir os veículos destinados ao transporte escolar rural.

As pendências, de acordo com o FNDE, referem-se à habilitação e ao preenchimento do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope) 2009. E os gestores municipais devem agilizar a documentação pelo fato de 2010 ser ano eleitoral e os recursos federais poderão ser empenhados até dia 3 de julho, de acordo com o FNDE.

Os procedimentos são: para celebrar o convênio do Caminho da Escola 2010, os dados sobre os investimentos municipais em educação de 2009 devem ser preenchidos corretamente no Siope e dentro do prazo, que se encerra no dia 30 de abril. E para resolver pendências referentes à habilitação, os gestores municipais devem entrar em contato com o FNDE pelos seguintes telefones: 61 2022 4296 / 4291 / 4903 / 4901.

Convênios 2009
Dos municípios contemplados em 2009 pelo Caminho da Escola, 136 ainda não receberam os veículos, pois não devolveram ao FNDE os documentos assinados para a efetivação do convênio. Esses municípios devem enviar a documentação assinada ao FNDE, pois só assim, receberão os veículos do programa.

* Veja a relação dos municípios com pendências no convênio de 2010
* Acesse a relação de municípios que não enviaram a documentação assinada referente ao convênio de 2009

Fonte: Site da CNM

27.4.10

Ônibus escolar custa de R$ 123 mil a R$ 212 mil



ASCOM-FNDE (Brasília) – Estados e municípios já podem comprar os novos ônibus do programa Caminho da Escola. Para isso, basta aderir à ata de registro de preços do pregão eletrônico nº 16/2010 do FNDE. Os modelos de ofício para formalizar adquirir os veículos com recursos próprios ou financiamento do BNDES já estão disponíveis no portal do FNDE.

Pelo pregão eletrônico, o veículo mais barato – ônibus convencional pequeno, para até 29 alunos sentados, adequado a pistas pavimentadas ou de terra com boas condições de trafegabilidade – custa R$ 123 mil, preço dado pela empresa IVECO Latin America.

Os outros dois itens do edital foram vencidos pela empresa Man Latin America. Com preço estipulado em R$ 198 mil, o ônibus reforçado médio, para até 44 estudantes sentados, tem boa performance em pistas com condições precárias. Já o ônibus reforçado grande, também adequado para vias precárias, transporta até 59 alunos sentados e custa R$ 212 mil. A ata de registro de preços vale pelos próximos 12 meses.

Leia aqui a matéria completa no site do FNDE

7.4.10

IVECO vence licitação para mais 1000 micro-ônibus



A segunda licitação vencida pela IVECO coloca a empresa entre as principais fornecedoras do programa escolar do governo federal

A IVECO venceu concorrência para o fornecimento de mais 1.000 micro-ônibus CityClass, versão escolar, para o Programa Caminho da Escola do Governo Federal, que visa a renovar a frota de veículos escolares para melhorar a segurança e qualidade do transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar em zonas rurais.

O IVECO CityClass atendeu especificações exclusivas impostas pelo governo federal na categoria ORE 01C, que trata de micro-ônibus para o transporte de estudantes da zona rural brasileira.

Este é o segundo contrato vencido pela IVECO dentro do FNDE (Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação). Em 2009, a empresa vendeu 900 unidades do CityClass, metade deles entregue dentro do FNDE (outra metade como parte de um programa similar, mas específico do governo do Paraná). Segundo Davi Mondin, responsável por vendas a governo da IVECO, o CityClass tem-se mostrado um ônibus versátil para este tipo de utilização. "Conforto e robustez tem sido a marca de nosso produto no campo".

Modelo IVECO CityClass deverá ganhará novo entre eixos e carroçaria mais larga para acomodar 29 passageiros

O IVECO CityClass é produzido em Sete Lagoas (MG) e, por conta das exigências desta nova licitação vencida pela empresa, ganhará uma nova versão de 29 lugares. Para isso, ele terá entre eixos maior e carroçaria mais larga que o CityClass anterior. "O chassi do Daily é muito resistente e permite facilmente esta adaptação", esclarece o engenheiro Marcello Motta, gerente de plataforma de veículos leves e médios. Como nas versões anteriores do micro-ônibus, a Neobus, de Caxias do Sul (RS), é a encarroçadora do novo modelo, que chega ao mercado no segundo semestre deste ano.

A estabilidade e conforto para operar na zona rural, bem como nos centros e perímetros urbanos das cidades, tem base na suspensão dianteira de rodas independentes e braços oscilantes e também na suspensão traseira com molas parabólicas. Além da versão escolar, o modelo Iveco CityClass também pode ser comercializado nas versões Executivo, Turismo, Urbano e SPTrans.

Fonte: Blog da Iveco

17.3.10

Entrega de lanchas escolares ao FNDE pela Marinha





Na sede da Base Naval de Val-de-Cães, em Belém do Pará, aconteceu a cerimônia simbólica de entrega de duas lanchas escolares do programa Caminho da Escola ao FNDE, que irá beneficiar jovens alunos residentes das comunidades que margeiam os rios da região Amazônica.

Imagens: Erisson Guimarães | Reportagem: Gerllany Amorin

. Veja fotos das lanchas escolares.

16.3.10

Ministério Público do RN atua em prol do transporte público escolar



A Promotora de Justiça da Comarca de Caicó (RN) Fladja Raiane Souza e o Prefeito Municipal de São Fernando (RN) Genilson Medeiros Maia assinaram Termo de Ajustamento de Conduta – TAC para que sejam adotadas cautelas no que concerne à segurança das crianças e adolescentes que se utilizam do transporte público escolar naquele município, a fim de preservar a integridade física delas durante os itinerários percorridos. Saiba mais.

Fonte: Assessoria de Imprensa do MPRN